Flamengo vence o Cruzeiro no Mineirão e engata sétima vitória consecutiva no Brasileiro

Flamengo vence o Cruzeiro no Mineirão e engata sétima vitória consecutiva no Brasileiro

Ninguém consegue parar! Esta parece ser a sina do Flamengo de Jorge Jesus. Na tarde deste sábado (21), o Rubro-Negro bateu o Cruzeiro dentro do Mineirão, por 2 a 1, com gols marcados por Gabigol e por Arrascaeta, ex-jogador do clube mineiro.

Com a vitória, o clube da Gávea chegou a 45 pontos na competição e aumentou a diferença na liderança para o vice-líder Palmeiras, que ainda joga na rodada. Sem semana cheia, a equipe comandada por Jorge Jesus enfrentará o Internacional já na próxima quarta-feira (25), no Maracanã.

O JOGO

O Flamengo iniciou o jogo contra o Cruzeiro com o seu futebol característico: muita imposição e forte marcação pressão na saída de bola do adversário. Desta forma, a equipe carioca chegou ao gol logo aos seis minutos, e adivinha? Teve gol do Gabigol.

O artilheiro do time aproveitou o cruzamento na medida de Gerson, cabeceou para baixo e tirou qualquer possibilidade de defesa do goleiro Fábio. Com o gol, o atacante do Fla chegou a 17 tentos assinalados no Brasileirão, se isolando ainda mais na artilharia da competição.

Apesar da imposição rubro-negra nos primeiros minutos, o Cruzeiro conseguiu equilibrar o jogo nos minutos seguintes e chegou com perigo em algumas oportunidades ao gol defendido por Diego Alves. O Flamengo, por sua vez, tirou o pé do acelerador, não manteve a pressão e possibilitou as chegadas do adversário.

Diante do novo “desenho” de jogo, a Raposa chegou ao gol de empate aos 35 minutos, após pênalti marcado em cima de Pedro Rocha. O atacante foi derrubado dentro da área por Rodrigo Caio depois de receber em grandes condições de finalizar, e o árbitro assinalou a infração. Thiago Neves foi para a bola e igualou o placar no Mineirão.

O Flamengo retornou para a etapa complementar tentando manter o ritmo adquirido no início do primeiro tempo. A primeira chegada da equipe aconteceu aos cinco minutos. Gabigol recebeu dentro da área, mas bateu fraco de canhota, e Fábio defendeu em dois tempos.

O Cruzeiro não se desesperou, manteve o seu jogo e quase virou o placar um minuto depois da chegada rubro-negra. Robinho inverteu no campo de ataque e encontrou Ezequiel sozinho na área. O jogador da equipe mineira dominou, conseguiu o arremate, e a bola no desviou no atleta do Fla, batendo na trave defendida por Diego Alves.

Sem conseguir encontrar espaços para entrar na área do Cruzeiro, o Rubro-Negro se utilizou de jogada pelo lado de campo e conseguiu êxito. Aos 21, Willian Arão foi para o ataque, recebeu na ponta direita e cruzou rasteiro para Arrascaeta bater de primeira e colocar a equipe carioca novamente à frente do placar. Antes de a bola chegar no uruguaio, Gabigol entrou em cena para fazer um corta-luz perfeito.

A Raposa não se entregou, buscou o empate até o fim, mas parou na defesa rubro-negra e na falta de capricho dos jogadores. O Fla, por sua vez, tentou manter a posse, fechou a “casinha” e saiu com a vitória importante.

Clique aqui e faça parte do nosso canal do Telegram e receba todas as notícias em tempo real.