• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

“Gabigol é muito melhor que o Guerrero”: Edmundo diz que não há como comparar atacantes

O Flamengo passou por uma forte reestruturação financeira, que se deu início a partir de 2013. Em 2015, o Rubro-Negro começou a investir pesado no elenco, com a contratação do centroavante Paolo Guerrero, na época ídolo do Corinthians. Entre críticas e elogios, o peruano deixou o Fla em 2018 rumo ao Internacional, enquanto o Mais Querido contratou Gabriel Barbosa em 2019. Recentemente, uma discussão tomou conta dos noticiários: quem é melhor entre os dois atacantes?. Ex-jogador e agora comentarista, Edmundo não se furtou ao comentar sobre o tema.

 

Na segunda-feira (03), Walter Casagrande disse que Paolo Guerrero era melhor que o Gabriel Barbosa, e foi além ao afirmar também que o peruano era superior a Luis Suárez, do Barcelona, e Edinson Cavani, atualmente sem clube e ex-PSG. Durante o programa Expediente Futebol, dos canais FOX Sports, Edmundo discordou da opinião do comentarista e destrinchou o centroavante do Internacional. Ele ainda falou que não há necessidade de comparar os dois, pois o camisa 9 do Flamengo é muito superior ao atleta do colorado.

Eu respeito muito todos os atletas, principalmente o Paolo Guerrero, mas os números dele não são favoráveis. Ele não é especialista em clássico. No futebol brasileiro, ele vive daquele gol no Mundial (em 2012, pelo Corinthians). Ele está no Brasil preenchendo uma lacuna, porque vivemos uma crise de camisa 9, tanto é que o Fred ainda joga, Ricardo Oliveira ainda joga, a salvação do Corinthians é a volta do Jô… Essa posição, de camisa 9, está escassa no futebol brasileiro. Ele é um atleta, se cuida, está sempre em um nível físico bom, se machuca pouco, então é um atleta que está no Brasil.. -, disse o ex-jogador, antes de concluir:

Mas, desculpa, ou é muita ignorância minha ou estou desinformado, de qual Campeonato Brasileiro, de 38 rodadas, o Paolo Guerrero foi artilheiro, depois de oito anos aqui no Brasil? Nenhum, centroavante vive de gol. Ele não faz os gols, a média de gols dele é muito pequena. Acredito que quando ele começou (a carreira), lá no Peru, ele era meia, porque fora da área ele é muito melhor do que dentro da área. Então, essa comparação, na boa, não há necessidade. Gabriel Barbosa é muito melhor que o Guerrero -, encerrou Edmundo.

Paolo Guerrero passou pelo Flamengo e não deixou saudades. O centroavante ficou entre os anos de 2015 a 2018, realizou 112 jogos, marcou 43 gols e deu 14 assistências. Gabriel Barbosa, ídolo rubro-negro, está no Fla desde janeiro de 2019, há cerca de 19 meses, entrou em campo 73 vezes, balançou as redes em 54 oportunidades e já deu 21 passes para gol. A média do peruano pelo Mais Querido foi de 0,38, enquanto do brasileiro é de 0,73 tento por partida disputada.

Publicado em colunadofla.com.