• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Gabigol ultrapassa Zico e se isola na artilharia histórica do Flamengo na Libertadores

Na noite desta terça-feira (11), o Flamengo empatou em 2 a 2 com o Unión La Calera, no Chile, em jogo válido pela quarta rodada do Grupo G da Copa Libertadores. Autor do primeiro gol rubro-negro, Gabigol fez história e ultrapassou Zico na artilharia do Mais Querido na competição continental. Com o tento sobre os chilenos, o camisa 9 chegou a 17 bolas na rede, um a mais que o Galinho.


Por certo, Gabriel Barbosa ultrapassa Zico em seu 21º jogo com o Manto Sagrado pela Libertadores. O ex-meio-campista, maior ídolo da Nação Rubro-Negra, disputou 20 partidas pelo Flamengo no torneio. Ambos conquistaram o título uma vez pelo clube: em 2019 e 1981, respectivamente.

O tento no Chile foi o sexto de Gabigol na atual edição da Libertadores. Em 2019, ano da conquista do Bicampeonato, foram nove. Na última edição, por conta da eliminação precoce do Mengo nas oitavas de final, o camisa 9 fez dois.

Autor de um gol pelo Santos na competição internacional, Gabriel Barbosa , aos 24 anos, já está entre 10 maiores artilheiros brasileiros da história do torneio mais importante da América. Luizão, com 29 bolas na rede, é o recordista.

CONFIRA A LISTA
Luizão – 29 gols
Palhinha – 25 gols
Célio, Fred e Jairzinho – 21 gols
Guilherme e Ricardo Oliveira – 19 gols
Marcelinho Carioca, Sérgio João, Tita e Gabigol – 18 gols

Publicado em colunadofla.com.