• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Gabriel Batista exalta amizade com Hugo Souza e garante: “É um dos meus irmãos”

O Flamengo revelou inúmeros jogadores nos últimos anos e, desde a temporada de 2020, algumas peças se firmaram no elenco principal. Somente embaixo das traves, dois nomes se destacaram recentemente: Gabriel Batista e Hugo Souza. Os goleiros são formados nas categorias de base rubro-negra e, com Diego Alves desfalcando a equipe, disputam posição.

Apesar da competição pela titularidade, Gabriel Batista exalta a relação com Hugo Souza. Os jogadores atuam juntos desde o sub-17 e, por isso, mantém o respeito e admiração pelas conquistas de cada um. Em entrevista ao Globo Esporte, o Gabriel comentou sobre a amizade entre os dois.

– Minha relação com o Hugo é muito boa, trabalhamos juntos desde o sub-17, e chegamos praticamente juntos ao profissional, eu acabei subindo um pouquinho antes. Ano passado ele teve um ascensão muito grande e eu estive sempre na torcida, respeito e admirando, mas também querendo conquistar meu espaço antes de completar:

– Nós sempre conversamos antes e depois dos jogos, sobre coisas que poderíamos ter feito diferente, se um concorda com o que o outro fez, tanto nos treinos como nos jogos. Nossas conversas são sempre muito construtivas, nossa relação é muito boa e saudável tanto dentro quanto fora de campo. Ele é um dos meus irmãos mais novos do futebol – finalizou

Cabe destacar que Gabriel Batista foi o escolhido por Rogério Ceni para ser o titular nos últimos dois compromissos do Flamengo, enquanto isso, Hugo Souza ficou como primeira opção no banco de reservas. Para o duelo contra o Fluminense, a tendência é de que a escolha seja mantida e, com isso, Gabriel realize a primeira final entre os profissionais do Rubro-Negro.

O clássico está marcado para sábado (15), às 21h05 (horário de Brasília), no Maracanã. Para este primeiro jogo, já está decidido que não haverá público nos estádios, no entanto, para o segundo e decisivo duelo, ainda há o debate para a liberação de até 30% da capacidade do estádio. É importante lembrar que o Flamengo é a favor e o Fluminense, por sua vez, é contra.

Publicado em colunadofla.com.