• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Governo do Rio de Janeiro adia volta do público ao Maracanã

O Governo do Estado do Rio de Janeiro suspendeu a volta do público aos estádios, pelo menos até o dia 06 de outubro. A publicação foi feita nesta sexta-feira (19), em edição extra do Diário Oficial do Estado, assinada pelo governador em exercício Cláudio Castro (PSC). A decisão do governo adia os planos da prefeitura do Rio de Janeiro para ter torcida no Maracanã já no jogo entre Flamengo x Atlhetico-PR, marcado para o dia 04 de outubro. Veja a publicação:

Para definir melhor a situação, o governo vai se reunir com o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) na próxima semana. O retorno do público tem o apoio a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), mas com o decreto publicado por Cláudio Castro, o teste que Crivella e Ferj queriam fazer na partida entre Flamengo e Athletico-PR vai precisar ser adiado.

Quem também vem estudando uma volta do público aos estádios é a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A entidade enviou ao Governo Federal, na última quinta-feira (17), um documento com estudos sobre o retorno gradual do público aos estádios de futebol em todo o Brasil.

Do ponto de vista financeiro, é certo dizer que o Flamengo tem sofrido com ausência do público Além do desempenho dentro de campo, o Mais Querido teve um prejuízo superior a 700 mil reais nos jogos do que fez como mandante no Maracanã.

Decretado como pandemia no dia 11 de março pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o novo coronavírus fez mais de 135 mil vítimas no Brasil e infectou mais de 4,5 milhões de brasileiros, segundo dados do Ministério da Saúde.

 

Publicado em colunadofla.com.