Guerrero analisa contratar psicólogo para ajudar nesse momento conturbado, diz jornal

Guerrero analisa contratar psicólogo para ajudar nesse momento conturbado, diz jornal

Os advogados do atacante Paolo Guerrero já se preparam para defesa do jogador perante a Fifa por causa do caso de doping, já que o camisa 9 do Flamengo e da seleção peruana está suspenso. Segundo o jornal “Libero”, o jogador está muito arrasado com o exame adverso, descoberto após um testo depois do jogo entre Argentina e Peru, pela Eliminatória Sul-Americana para Copa de 2018 e já estaria até analisando contratar um psicólogo para ajudar a superar esse momento difícil.

“Em paralelo à sua luta, sabe-se que Paolo está doído, mas grato pelo apoio de familiares, amigos e fãs. Ele mesmo consideraria a contratação de um psicólogo para ajudá-lo a lidar com o problema e se levantar mais forte do que nunca”, descreve a publicação.

Guerrero voltou na segunda-feira do Peru, onde foi preparar sua defesa. Apesar de ter pedido ao laboratório alemão a contraprova, os advogados e o próprio jogador sabem que um falso positivo é improvável. Por isso, a defesa trabalha com a possibilidade de que algum dos chás antigripais e digestivos que ele tomou na concentração da seleção peruana possa estar contaminado com o benzoylecgonina, metabólito da cocaína e do chá de coca.

O exame de doping será analisado por um químico especialista, que apontará os níveis de cada substância encontrada (permitidas e proibidas). Como de todos os componentes que compõem a cocaína, apenas a benzoylecgonina foi identificada, seria possível provar que o problema está na ingestão do chá.

Suspenso provisoriamente, Guerrero está fora da repescagem para a Copa do Mundo de 2018, contra a Nova Zelândia. O jogo de ida será na madrugada de sábado, à 1h15, na casa do rival.

Na segunda-feira, ele quebrou o silêncio.

— Estou tranquilo — disse à “TV Latina”, em Lima, manifestando apoio à seleção. — Estou unido com meus companheiros. Eles têm todo o meu apoio.