• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Jogo contra a Portuguesa foi primeiro do Fla sem público em 2020; um ano depois, times se encontram com pandemia mais alarmante

Por: Paula Mattos

No início de 2020, a pandemia do novo coronavírus chegou com força ao Brasil, e fechou os portões para a realização de atividades esportivas. No dia 14 de março do ano passado, o Flamengo entrou em campo pela primeira vez sem a presença do seu 12º jogador: a Maior Torcida do Mundo. Na ocasião, o Mais Querido enfrentou a Portuguesa, no Maracanã vazio.

Pouco mais de um ano depois, os times se reencontram em partida que será disputada em meio ao maior caos instalado pela covid-19 no Brasil desde o seu primeiro caso. Obviamente, ainda com portões fechados, as atividades esportivas seguem acontecendo em todo o mundo. No entanto, o Brasil nada contra a corrente e vê o número de casos crescer a cada dia.

Para a realização dos eventos esportivos, foram desenvolvidos e, com o tempo, atualizados, protocolos de segurança para manter a integridade de todos os envolvidos em uma partida, adotando todas as medidas necessárias para tentar impedir a infecção de atletas, delegação, árbitros, e demais membros essenciais para que um jogo possa ocorrer.

Há um ano, o Flamengo venceu a Portuguesa por 2 a 1, com gols de Arrascaeta e Marcos Eduardo Costa, contra. Na época, o cenário, totalmente diferente de tudo que já havia sido visto, não parecia perdurar por tanto tempo. Hoje, o que era assustador, se tornou o “novo normal”. Os espetáculos passaram a ser vistos apenas pela tv ou plataformas de streaming, e os jogadores precisaram aprender a lidar com o apoio  ‘virtual’ de suas torcidas.

Em março de 2020, o Rio de Janeiro registrava um número de 23 mortes e 708 casos de infecção pela covid-19. No país, eram 201 vítimas fatais e 5.717 infectados. Ao final de março de 2021, só o Rio computou 3.647 mortes pelo novo coronavírus, o quarto pior mês da pandemia no estado. No dia 31 de março, o Brasil bateu o recorde no número de mortes por dia: 3950 vítimas fatais em 24 horas, e fechou o pior mês da pandemia, com 66,8 mil óbitos.

Em meados de abril deste ano, os números computados pela pandemia, desde seu início, são ainda mais alarmantes. Até o momento, o Rio de Janeiro registrou 693 mil casos de covid-19, com 49.429 mortes. No Brasil são, ao todo, 13,7 milhões de infecções pelo novo coronavírus, com 365 mil vítimas fatais.

Neste dia 17 de abril, Flamengo e Portuguesa voltam a campo ainda com uma sensação de vazio, e vão reencontrar o Maracanã com as arquibancadas vazias. A partida será disputada às 19h (horário de Brasília), e você poderá acompanhar a transmissão mais rubro-negra da internet com o Coluna do Fla.

Publicado em colunadofla.com.