Jorge Jesus explica ideia de jogo para evitar que defensores recebam cartões

Jorge Jesus explica ideia de jogo para evitar que defensores recebam cartões

O Flamengo vive momento de crescente entre as quatro linhas. Com bons resultados seguidos no Brasileirão, a equipe colou na briga pela liderança, além de ter vencido o Internacional por 2 a 0 e saído na frente na disputa por uma vaga nas semifinais da Libertadores. Em meio a isso, o que chama atenção é a baixa quantidade de cartões recebidos pela defesa do Fla, e Jorge Jesus explicou a questão.

Em breve entrevista concedida à FlaTV, o treinador português destacou que, em seu esquema de jogo, um atleta dificilmente é o único responsável pela marcação do adversário que ataca. Desta forma, ele acaba propiciando que o seu defensor não tenha que tomar decisões precipitadas. Junto a isso, o português destacou a qualidade técnica dos defensores do Fla.

– Isso também tem a ver com as características de cada um. Mas além disso, nós temos uma forma de defender que não deixamos os adversários chegarem no 1 contra 1. Isso facilita de certa forma. É um ideia coletiva defensiva, não individual. Além disso, temos jogadores que têm uma boa técnica defensiva, o que permite que eles tenham decisões com qualidade -, disse ele.

Vale destacar que, da zaga titular utilizada no último jogo, três jogadores foram contratados recentemente – Rafinha, Filipe Luís e Pablo Marí. O mais ‘antigo’ deles no Fla foi o zagueiro Rodrigo Caio, que chegou ao Rubro-Negro no início da temporada de 2019. Apesar disso, os atletas têm mostrado facilidade no entrosamento e passado confiança à Nação. 

Clique aqui e faça parte do nosso canal do Telegram e receba todas as notícias em tempo real.