Jornalista destaca atuação de Flamengo, mas ressalta: “Não conseguiu furar a zaga adversária”

Jornalista destaca atuação de Flamengo, mas ressalta: “Não conseguiu furar a zaga adversária”

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

O Flamengo enfrentou o Atlético Mineiro nesse sábado (18), e perdeu por 2 a 1, na Arena Independência, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Com esse resultado, o Rubro-Negro acumula duas vitórias, duas derrotas e um empate. Apesar da vantagem de jogar com um atleta a mais em campo, depois da expulsão de Elias ao final do primeiro tempo, o Flamengo não conseguiu balançar as redes, para pelo menos garantir um empate fora de casa.

Após o jogo que aconteceu na Arena Independência, em Belo Horizonte, o jornalista Eugênio Leal, no programa Rodada Fox, da Fox Sports, destacou a quantidade de cruzamentos e escanteios da equipe carioca. Leal também abordou o domínio que o Rubro-Negro teve durante toda a partida, mas que não foi revertido em gols.

— Só deu Flamengo, o Abel chegou a tirar um zagueiro, Léo Duarte, para colocar atacante, o Vitinho, botou o Lincoln no lugar do Arrascaeta. Depois foi para dentro, botou mais gente no ataque, e não conseguiu. Pressionou, martelou, cruzou 800 bolas da área, teve a perder de vista o número de escanteios, e a defesa do Atlético muito sólida se posicionou toda dentro da grande área e ficava dali só tirando. Teve defesa do Victor importante no segundo tempo, bolas que passaram raspando a trave. O Flamengo teve tudo para pelo menos buscar o empate, mas a bola não entrou. Mérito do Atlético Mineiro, azar do Flamengo, que teve um domínio completo, mas não conseguiu furar a zaga adversária.

O Flamengo ocupa a sétima posição na tabela do Brasileirão, com sete pontos. O próximo confronto será no domingo que vem (26), contra o Athletico Paranaense, pela sexta rodada do campeonato de pontos corridos, às 16h, horário de Brasília, no Maracanã.