Lincoln decide, Flamengo supera antijogo do Botafogo e se mantém com oito pontos de vantagem na liderança

Lincoln decide, Flamengo supera antijogo do Botafogo e se mantém com oito pontos de vantagem na liderança

O Flamengo tentou, procurou as jogadas e se manteve com um amplo domínio e, na persistência, conseguiu superar o antijogo do Botafogo e sair com uma importante vitória pelo Brasileirão. Com um dedo de Jorge Jesus, Lincoln decidiu no fim para o clube da Gávea depois de entrar na segunda etapa e colocou a equipe novamente com oito pontos de vantagem na liderança do campeonato.

O JOGO

O Botafogo foi melhor nos primeiros 20 minutos de jogo. Entrou ligado e marcava forte os jogadores do Flamengo, que não conseguiram penetrar na defesa adversária. Prova disso foi a chegada do Alvinegro aos 29, com Luiz Fernando. O atacante recebeu em liberdade pela direita da área, cortou Renê com facilidade e finalizou de perna esquerda. Pablo Marí se jogou na bola, travando a conclusão do atleta e evitando o primeiro gol do rival.

Sem a intensidade já conhecida em campo, o Fla somente foi melhorar nos últimos 15 minutos do primeiro tempo. Enquanto o rival carioca “abria a caixa de ferramentas”, propiciando muitas paralisações e esfriando o jogo, o Rubro-Negro tentava sair com a vantagem na bola. A única chance efetiva do clube da Gávea, no entanto, aconteceu somente aos 39.

Vitinho fez cobrança de escanteio para a área, e Bruno Henrique ganhou a dividida com Gatito e desviou de cabeça. A bola acabou batendo em cima do travessão e saiu pela linha de fundo. Com jogo muito truncando, marcado por muitas faltas no primeiro tempo, o Fla foi muito aquém do esperado, enquanto o Bota se utilizava de marcação desleal para parar o ímpeto rubro-negro, tendo Gabigol como principal alvo nos 45 iniciais.

O Flamengo voltou melhor para a etapa completar e amassava o Botafogo, principalmente depois da expulsão do atacante Luiz Fernando, que parou jogada de ataque iniciada por Bruno Henrique. Pressionando, a equipe comanda por Jorge Jesus teve grande chance de abrir o placar aos 23 minutos.

Em jogada ensaiada na cobrança de falta, Arão levantou na área, Rodrigo Caio ajeitou de cabeça, e Pablo Marí fez o desvio, mas Gatito defendeu à queima-roupa o cabeceio do espanhol e evitou o gol rubro-negro.

Na persistência, o Rubro-Negro foi para cima do Bota no fim e finalmente chegou ao gol, aos 43 minutos, com Lincoln. O garoto, chamado por Jorge Jesus na segunda etapa, entrou e em poucos minutos conseguiu fazer o desvio após cruzamento de Bruno Henrique e deu os três pontos importantíssimos para a equipe da Gávea na briga pela liderança.

Compartilhe


Canal no Telegram: Clique aqui e faça parte do nosso canal para receber todas as notícias em primeira mão.