• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Mata-mata não perdoa: Flamengo acumula 14 erros individuais em quatro jogos e dá vexame em eliminações

Por: Aguinaldo Junior e Higor Neves

O Flamengo foi eliminado da Libertadores da América ao empatar em 1 a 1 com o Racing no tempo regulamentar e ser derrotado nas penalidades. Há cerca de 15 dias, o Rubro-Negro também dava adeus a outra competição, a Copa do Brasil, quando perdeu os dois jogos das quartas de final para o São Paulo. Uma série de equívocos fizeram o Mais Querido se despedir mais cedo destes torneios.

Em quatro jogos, dois pelas quartas da Copa do Brasil e outros dois pelas oitavas da Libertadores, contra São Paulo e Racing, respectivamente, o Flamengo cometeu 14 erros individuais ‘imperdoáveis‘, resultando assim nas eliminações do Rubro-Negro. Contra o time argentino, por exemplo, o gol sofrido contou com quatro falhas seguidas na mesma jogada, desde Gerson – ainda no meio de campo – a Diego Alves.

RELEMBRE AS SITUAÇÕES:
Flamengo 1×2 São Paulo – Hugo Souza ‘entrega’ gol;
Flamengo 1×2 São Paulo – Arrascaeta perde gol sem goleiro;
São Paulo 3×0 Flamengo – Vitinho isola pênalti
São Paulo 3×0 Flamengo – Arão recua errado e deixa Pablo livre para marcar gol
Racing 1×1 Flamengo – Gerson, Filipe Luís e Thuler erram a marcação em apenas um adversário e Diego Alves ‘completa’ lambança sofrendo gol em bola defensável
Racing 1×1 Flamengo – Thuler expulso por entrada violenta
Flamengo 1×1 Racing – Vitinho perde chance cara a cara com o goleiro
Flamengo 1×1 Racing – Vitinho desperdiça nova grande oportunidade
Flamengo 1×1 Racing – Rodrigo Caio recebe dois amarelos e é expulso
Flamengo 1×1 Racing – Gustavo Henrique não afasta e ‘ajeita’ a bola para gol adversário
Flamengo 1×1 Racing – Arão perde pênalti

Com as inúmeras falhas, o Flamengo se vê obrigado a repensar o planejamento para a temporada de 2021. Isso porque, o Rubro-Negro projetou chegar à final da Copa do Brasil e também às semifinais da Libertadores. Ou seja, o clube carioca contava com os valores de premiações destes dois torneios. Como a verba não entrará nos cofres, o Mais Querido terá que montar outra estratégia para contratar em definitivo Pedro e Thiago Maia, prioridades da diretoria.

Enquanto os dirigentes pensam nos valores perdidos fora de campo, o Flamengo já foca dentro das quatro linhas. O Rubro-Negro tem apenas o Campeonato Brasileiro para disputar no restante desta temporada. Sendo assim, o Fla enfrenta o Botafogo às 17h (horário de Brasília) deste sábado (05), no Engenhão. O confronto é válido pela 24ª rodada da competição nacional.

Publicado em colunadofla.com.