“Me sinto preparado para jogar em qualquer lugar do mundo”, afirma Gabigol

“Me sinto preparado para jogar em qualquer lugar do mundo”, afirma Gabigol

O atacante Gabriel Barbosa é tratado como uma das principais promessas do futebol mundial desde que estava nas categorias de base, ainda defendendo o Santos. Atualmente, no Flamengo, ele desponta como principal artilheiro do futebol nacional, com 38 gols na temporada. O contrato do atleta com o Rubro-Negro é por empréstimo até o fim do ano, e seu futuro é uma incógnita. Em meio a isso, uma declaração do camisa 9 mostra que sua mente está aberta para experiências em outros países.

Prestes a disputar a primeira final de Libertadores da sua carreira, Gabigol concedeu entrevista ao jornal “AS”, da Espanha. Em uma das respostas, ele garantiu que atingiu um nível técnico e de maturidade que o permite atuar em diferentes ligas do mundo, não só na Brasileira, onde faz sucesso desde que surgiu entre os profissionais.

– O Brasileiro é um dos mais disputados no mundo. Ser o melhor marcador do ano passado foi muito importante na minha carreira e espero repetir isso. É o resultado de muito trabalho e ajuda a mostrar minha evolução. Me sinto preparado para jogar no Brasil, Inglaterra, Alemanha, Espanha … em qualquer lugar –, afirmou o artilheiro.

Antes disso, o jogador já havia falado sobre as principais diferenças de seu atual momento na carreira, garantindo evolução e aprendizado desde a passagem frustrada pelo futebol europeu. Apesar disso, ele tratou com naturalidade o momento ruim que viveu longe de seu país natal.

– Hoje, alguns anos mais velho, me sinto mais maduro, mais preparado. É claro que naquela época eu era mais jovem e é normal que uma criança demore um pouco mais para assimilar uma nova cultura e diferentes métodos de trabalho. Eu tive duas grandes temporadas no Brasil e agora me vejo como outro jogador: mais maduro, focado e evoluído tecnicamente, taticamente e fisicamente.

Mesmo sem ter completado a temporada, Gabriel já escreveu seu nome na história do Flamengo. Com 22 gols no Brasileirão, ele já quebrou até mesmo a marca de Zico, se tornando o maior artilheiro do Fla em uma edição da competição. Na Libertadores, ele já balançou as redes por sete vezes e também é quem mais marcou no torneio sul-americano. Além do título individual, Gabigol tenta trazer também a taça mais cobiçada da América para a Gávea. Para isso, será necessário superar o River Plate neste sábado (23), quando as equipes se encontram no Estádio Monumental de Lima, no Peru.



Canal no Telegram: Clique aqui e faça parte do nosso canal para receber todas as notícias em primeira mão.