Mercado: clube europeu entra na briga com Flamengo e São Paulo por jogador da Seleção

Mercado: clube europeu entra na briga com Flamengo e São Paulo por jogador da Seleção

Integrado ao grupo de Tite para a Copa América, o lateral-esquerdo Filipe Luís está de saída do Atlético de Madrid. O jogador tem seu contrato expirado no final do mês - mais precisamente em 30 de junho - e, por isso, chovem especulações a respeito de seu novo destino. No Brasil, o ​​Flamengo e mais recentemente o ​​São Paulo estão observando de perto os passos do ala de 33 anos, mas, neste domingo (16), surgiu um rival à altura. 

De acordo com o jornal catalão ​"Sport", o Lyon, da França, estaria interessado em adquirir os diretos sobre o brasileiro. Ele é cotado para substituir o francês Ferland Mendy, que está se transferindo para o Real Madrid após excelente forma na última temporada. O Barcelona era outro clube que sondou o estafe do ala, porém deve priorizar o português Raphael Guerreiro, do Borussia Dortmund. 

FBL-COPA AMERICA-2019-BRA-BOL

Durante a última semana, Filipe disse que vai esperar o término da Copa América para tomar uma decisão concreta. "Agora acaba meu contrato, eu tenho a possibilidade de permanecer no Atlético ou de sair. As portas estão abertas, já falei com a comissão e não vou especular, nem vou dizer sim para ninguém antes da Copa América (...) Só vou resolver meu futuro a partir do momento que acabar a Copa América", declarou o lateral.

A volta ao Brasil, ainda que seja uma meta, é tratada com cautela por Filipe Luís, justamente por ter uma vida constituída na Europa. "Não fecho nenhuma porta, sei como é o Brasil. Eu gostaria de um dia, no futuro, jogar aqui  e viver esta experiência. Sonho ganhar um Brasileiro, mas tudo será tratado depois da Copa América", completou. Ele está na Europa desde 2004 quando deixou o Figueirense e já passou por Chelsea (ING), Deportivo La Coruña (ESP) e o Real Madrid Castilla. 

O interesse do Flamengo em Filipe Luís é conhecido publicamente. O vice-presidente de futebol, Marcos Braz, já havia dito que esperaria a decisão do jogador, assim como aconteceu com Rafinha, que já foi anunciado pelo Rubro-Negro. "O mesmo projeto que apresentamos ao Rafinha, apresentamos a ele. Ele está há 14 ou 15 anos na Europa, a decisão não é somente de trocar de clube, é de vida. Ele pediu um prazo, e o prazo foi dado, exatamente como o Rafinha. Está dentro desse prazo", disse o dirigente. 

Quanto ao São Paulo, o clube sondou a situação do lateral da Seleção Brasileira. Entretanto o Tricolor não viu as tratativas avançarem e foca atualmente suas esperanças em Adriano, ex-Barcelona e que joga no Besiktas (TUR). A chegada de mais reforços é esperada no Morumbi durante a Copa América, já que o time vem mal no Campeonato Brasileiro, única competição que lhe sobrou em 2019.