• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Ministério da Saúde avalia proposta de volta das torcidas aos estádios

A prefeitura do Rio de Janeiro já trata como certa a volta da torcida para os estádios. Já o Ministério da Saúde, ainda analisa a proposta da volta dos torcedores aos jogos. A CBF, de acordo com o GE, está aguardando o aval do Ministério para que a decisão seja concretizada. Além disso, ainda não há um consenso entre os clubes para que o retorno aconteça, caso que a confederação trata internamente.

O prefeito Marcelo Crivella afirmou que será liberado um terço dos torcedores, ou seja, 20 mil pessoas, apenas da torcida mandante. Não apenas isso, mas ele pediu a quem fosse às partidas, que seguissem as ‘regras de ouro’ e afirmou que a venda dos ingressos para o jogo será pela internet.

– As Regras de Ouro deverão ser seguidas. Temos duas semanas para que a federação, os administradores do estádio e a Vigilância Sanitária do Rio de Janeiro se ajustem. E pronto. Maiores de 60 anos, por favor, fiquem em casa. E menores de 12, também. 

Em julho, o presidente da Comissão Nacional de Médicos de Futebol, Jorge Pagura, em entrevista ao podcast ‘Jogo em Casa’, do GE, afirmou que não acreditava na volta da torcida antes da vacina.

— Acho que só depois da vacinação e com vacina comprovada. O que temos no momento é o barulho do silêncio. É uma doença muito nova. Todo mundo sabe. Eu ouvi uma frase, que não é minha, mas que diz: ‘Futebol sem torcida não é nada, mas hoje é tudo’. Precisamos retornar, mas o retorno precisa ser com responsabilidade.

A CBF agora tenta administrar a questão tanto com os clubes que se opuseram à volta quanto aos que querem o retorno dos torcedores, caso do Flamengo. Durante esta semana, de acordo com o jornalista Raphael Zarko “temas relevantes institucionais do futebol brasileiro” foi pauta em reuniões dentro da CBF com representantes do Flamengo, Santos, Corinthians e Fluminense. O governo avalia a proposta da confederação, que ainda não se manifestou sobre o assunto.

Publicado em colunadofla.com.