• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Na raça! Flamengo empata nos acréscimos e segue na briga pela liderança do Brasileirão

Por: Paula Mattos

Flamengo e Internacional entraram em campo neste domingo (25), em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. O confronto foi disputado no Beira Rio, às 18h15 (horário de Brasília), e o Mais Querido buscava uma vitória para garantir mais três pontos na tabela e assumir a liderança da competição. 

Com a ausência de alguns atletas importantes, o Flamengo de Domènec Torrent entrou em campo com Hugo, Isla, Gustavo Henrique, Natan e Filipe Luís; Arão, Thiago Maia e Gerson; Everton Ribeiro, Vitinho e Pedro.

O jogo foi bem pegado entre as duas equipes, e o Flamengo viu o Internacional abrir o marcador em erro de Isla, mas buscou o resultado com Pedro, que deixou tudo igual. Ainda na primeira etapa, o Mengo errou mais uma vez e Gustavo Henrique entregou para Thiago Galhardo marcar. O Flamengo pressionou e teve a oportunidade de empatar. Em cobrança de escanteio, a bola resvalou na mão de Moledo, mas a arbitragem não marcou o pênalti. No segundo tempo, o Flamengo foi superior em todo o confronto e, nos acréscimos, conseguiu o empate. Fim de papo no Beira Rio: Flamengo 2×2 Internacional.

O JOGO:

A partida começou com o Internacional pressionando e obrigando o Neneca a fazer uma defesa fenomenal logo aos três minutos. Aos sete, o time gaúcho conseguiu abrir o marcador. Em erro de Isla, que deu um presente para o adversário, Abel Hernandez só precisou tocar para o fundo do gol de Hugo Souza. Mengo 0x1 Internacional.

Apesar da desvantagem, o Flamengo não demorou a responder e, aos 11, GOL DO HOMEM! Pedro girou, deixou a marcação na saudade, disparou com liberdade e mandou para o fundo das redes. Tudo igual no Beira Rio. Mengo 1×1 Internacional.

Com um jogo lá e cá, o Mais Querido deu outro presente para o time gaúcho, que ampliou o marcador. Gustavo Henrique entregou a bola para o adversário e Thiago Galhardo, oportunista, estufou as redes de Neneca. Mengo 1×2 Internacional.

Em busca do empate, o Flamengo pressionava o Internacional e conseguia criar jogadas perigosas. Aos 32, pênalti não marcado para o Flamengo. Em cobrança de escanteio, a bola bateu no braço de Moledo, mas a arbitragem não assinalou a penalidade máxima.

Na jogada seguinte, Hugo Souza voltou a trabalhar e salvou o Mengo em boa jogada de Thiago Galhardo, que voltou a balançar as redes do Rubro-Negro. Mas, não valeu. O atacante estava em posição de impedimento e o gol foi anulado. Nos acréscimos, falta perigosa para o Inter, mas Edenilson cobrou na barreira. Fim de papo no Beira Rio. Mengo 1×2 Internacional.

Para o segundo tempo, ambas as equipes voltaram sem alterações, e o Flamengo precisava buscar o resultado para garantir a vitória e a liderança da competição. Aos quatro minutos, grande chance do Internacional. Marcos Guilherme mandou um chutaço rumo à meta de Neneca, mas a bola explodiu no travessão. No lance seguinte, o Mengo respondeu com Pedro, que recebeu de Gerson e achou um voleio, mas isolou.

Dono do segundo tempo, o Flamengo pressionava o adversário e dominava todas as ações. Aos 13 minutos, o Flamengo perdeu uma chance INCRÍVEL. Thiago Maia lançou para Isla, que achou Pedro. O artilheiro mandou uma bomba para a meta de Lomba, que defendeu. No rebote, Filipe Luís mandou um verdadeiro FOGUETE, mas a bola explodiu no travessão.

On fire, o Rubro-Negro pressionava e não tirava o pé do acelerador. Aos 21, uma sequência fantástica do Mais Querido. Vitinho recebeu dentro da área e bateu pro gol, mas Heitor tirou. No rebote, Pedro tentou, mas o lateral salvou mais uma vez.

Com pressão de ambos os lados, um começo de discussão entre Thiago Galhardo e Natan rendeu dois cartões amarelos, um para cada lado. Apesar do amplo domínio na segunda etapa, o Flamengo não conseguia quebrar a defesa adversária e empatar o marcador, e sentia falta de Everton Ribeiro, um dos seus principais atletas, que não rendeu o esperado.

Aos 42, Domènec resolver mexer e fez uma substituição dupla no Flamengo. Saíram Arão e Vitinho para as entradas de Michael e Lincoln. Nos acréscimos, Gustavo Henrique ganhou no jogo aéreo e, por pouco, não empatou. Aos 49, Everton Ribeiro mostrou todo o seu poder de decisão e empatou o confonto. GOL DO MENGO! Sem mais surpresas, fim de papo no Beira Rio: Internacional 2×2 Flamengo.

Publicado em colunadofla.com.