No radar da Europa, Reinier deve botar Paquetá no "bolso" e render fortuna astronômica ao Fla

No radar da Europa, Reinier deve botar Paquetá no "bolso" e render fortuna astronômica ao Fla

​"Craque o ​Flamengo faz em casa". Quantas vezes já não se ouviu esse ditado no futebol brasileiro? Não é para menos depois de nomes como Zico, Leandro, Júnior, Mozer, Aldair, Zinho, Djalminha, Júnior Baiano, Júlio César, Juan, Adriano, entre tantos outros, saírem da Gávea e despontarem pelo mundo afora. A recíproca continua verdadeira nos últimos anos quando mais recente geração dos anos 2000 continuou produzindo os melhores jogadores em atividade no país. 

Nomes como Lucas Paquetá, Vinícius Júnior, Felipe Vizeu, Jean Lucas e Léo Duarte já tiveram a oportunidade de defender o manto rubro-negro e tomaram o destino do Velho Continente, alguns, inclusive, sem ter atingido a maioridade. O presidente Rodolfo Landim já observa a próxima joia que está com os dias contados para se transferir para a Europa - o meia-atacante Reinier, de apenas 17 anos, e que vem encantando os olhos de Jorge Jesus - com direito a bronca quando é necessário. 

Thiago Santos,Lucas Paqueta

Com tantos desfalques rubro-negros por causa de lesões e convocações para a Seleção Brasileira, Reinier vem dando conta do recado, com direito a golaços. Na última quarta-feira (16), o camisa 19 foi decisivo na virada contra o Fortaleza, na Arena Castelão, marcando um gol de cabeça da entrada da área. Prêmio para o clube que b ateu o pé e se negou a liberar o jogador para a Seleção Sub-17.

Nos bastidores, Landim já prepara o novo contrato para Reinier, que deve ser assinado em breve. A duração será até 2024 e, segundo reportagem de ​Diogo Dantas, do jornal Extra, o Flamengo espera faturar bem mais em comparação a Lucas Paquetá, que hoje defende o Milan, da Itália. Tudo porque o garoto de 17 anos tem 100% dos seus direitos econômicos ligados ao clube da Gávea, fato que não acontecia com Paquetá. 

O Rubro-Negro Carioca detinha apenas 70% dos direitos de Paquetá e ganhou R$ 100 milhões na transferência para o Milan, que totalizou R$ 150 milhões na cotação da época. Como o euro se valorizou frente ao real nesse ano, a tendência é que Reinier, de fato, renda mais dinheiro ao seu clube do coração. De acordo com a reportagem, o Flamengo espera vender o meia-atacante pelos mesmos 35 milhões de euros, que hoje correspondem a R$ 160 milhões. 

Vale lembrar que a multa rescisória de Reinier é de 70 milhões de euros (mais de R$ 321 milhões), porém deve sofrer uma leve redução com o novo vínculo. Assim como aconteceu com Paquetá, o Flamengo toparia negociar a joia por um valor menor que o do contrato, desde que seja pago integralmente. Clubes como Real Madrid, da Espanha, e Everton, da Inglaterra, já foram especulados de olho na revelação rubro-negra em 2019. 



Canal no Telegram: Clique aqui e faça parte do nosso canal para receber todas as notícias em primeira mão.