• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • OCTACAMPEÃO BRASILEIRO

“Nunca escondi que minha preferência é jogar como volante”, diz Arão sobre período improvisado na zaga

Presente no Flamengo desde 2016, Willian Arão é um dos jogadores mais antigos do elenco e, não à toa, é visto como peça chave por todos os treinadores que passaram pelo clube. Mais recentemente, quando Rogério Ceni ainda estava no comando, o jogador atuou improvisado na zaga, no entanto, com a vinda de Renato Gaúcho, o atleta voltou a sua posição de origem. O camisa 5 nunca escondeu que no meio campo é onde fica mais à vontade.

A recente entrevista ao Globo Esporte não foi a primeira vez que Arão revelou a preferência por atuar como volante. No entanto, cabe destacar, que o jogador sempre se colocou à disposição das opções dos técnicos.

– Sempre deixei bem claro que a minha posição de origem é volante. Jogo assim desde que iniciei minha carreira. Estou sempre disponível para ajudar o Flamengo da maneira que for. E o Rogério optou por me utilizar na zaga. Foi uma novidade pra mim, mas dei o meu máximo para corresponder. Nunca escondi que é minha preferência jogar como volante.

Como dito, desde que Renato assumiu o Flamengo, Willian Arão participou de cinco jogos atuando como volante. Ao todo, foram cinco vitórias, sendo 23 gols marcados e somente três sofridos. Sob o comando do novo técnico, o camisa 5 só não entrou em campo na vitória por 1 a 0 em cima do Defensa y Justicia, pela Libertadores, visto que estava cumprindo suspensão.

Vale destacar que Arão está perto de alcançar mais uma marca com o Manto Sagrado. O jogador está a duas partidas de entrar no TOP-5 atletas que mais atuaram no Campeonato Brasileiro com o Manto Sagrado. Isso porque, entrando em campo contra o Internacional e Sport, o volante chega a 171 partidas, assim como Ronaldo Angelim.

Publicado em colunadofla.com.