• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

O PRIMEIRO PASSO

Bom, acho que já podemos recomeçar a falar de futebol, não é? Pelo menos nós, já que a mídia prefere fugir do assunto, optando por destacar nossos tropeços na luta por uma opção ao MONOPÓLIO. Também destacam os benefícios que tivemos por não seguirmos RECOMENDAÇÕES (sim, apenas recomendações); o “absurdo” que é jogar em um Maracanã com um Hospital de Campanha ao lado (não existem hospitais nas proximidades de estádios?); as investidas do Benfica sobre o nosso treinador (parecem ter ORGASMOS noticiando isso) ou as declarações intempestivas do Bap.

É absolutamente perceptível o desconforto da mídia, diante de uma realidade que os obriga a reconhecer que voltamos jogando a mesma bola do início do ano, que essa longa pausa parece não ter alterado o nosso ritmo, que mantivemos a pegada de sempre e ainda mantivemos (e reforçamos) TODO o elenco, enquanto os “de lá” vão se desmanchando em busca de uma distante “estabilidade” financeira. 

Complicada essa situação deles, né? COMO esperar que reconheçam o “filho” do vizinho Carioca como MUITO mais bonito, rico, charmoso, gostoso de ver, do que os seus três??? Inevitavelmente vão receber mais críticas do que likes e, compreensivelmente, os 80% restantes vão acabar mudando de canal.

É preciso encontrar algo para criticar também. Falar diariamente da tragédia do Ninho soa apelativo demais. É preciso algo diferente. E o “algo diferente” acabou sendo o nosso Primeiro Passo em busca da Lei Áurea do Futebol brasileiro. O caminho para uma negociação conjunta (esse “conjunta” é o que preocupa) no sentido de pleitear valores mais justos, na exploração da imagem dos verdadeiros Donos do espetáculo.

Passamos décadas de pires na mão, dependendo de adiantamentos com essa empresa, o que nos obrigava a sermos submissos às suas decisões. Agora, que estamos por cima e com grana para encarar, vamos continuar abaixando a cabeça para esse monopólio ??? Não, acho que não.
A HORA É ESSA !!!


Respeito totalmente quem pensa diferente, mas considero INACEITÁVEL o Flamengo receber menos do que qualquer equipe brasileira em seus estaduais. Além de sermos A MAIOR DE TODAS, somos os atuais Campeões Carioca, Brasileiro e Sulamericano.
18 MI pra nós e 27 pra os times de lá É O CACETE !!!


Mil desculpas aos discordantes, mas não é hábito meu “ficar em cima do muro” e o espaço aqui é exatamente para que cada um exponha sua opinião. Sendo assim ...

Não esperem que eu reclame de uma Diretoria que paga em dia, monta uma Seleção, traz treinador diferenciado e ganha TUDO que disputa.
É CLARO que eles erram , mas CERTAMENTE erram tentando acertar.
Não participo da política, não faço lives com dirigentes e nem sou amigo de ninguém da atual cúpula do clube.


Sou apenas um TORCEDOR e, como torcedor, eles têm me dado só alegrias. Algumas das maiores da minha vida. Prefiro Diretoria antipática, mas vencedora. Que nos cobre ajuda, mas nos pague com títulos. Que mereça críticas por determinados comportamentos, mas nos reforce permanentemente com jogadores que CHEGAM PRA JOGAR.
Por tudo isso, pelo menos até aqui, TÊM MEU APOIO TOTAL E IRRESTRITO.

Juro a vocês, hoje em dia, assisto nossos jogos sorrindo, pelo DESLUMBRE com o Futebol que praticamos. Me curei da inveja que sentia daquele Barça (de Iniesta, Xavi, Messi mais jovem) e não vejo mais o time da década de 80 com saudosismo. Se aquele time do Galo me encantava pela habilidade, esse me encanta pela sua tática diferenciada e jogadas de vídeo game.


As vitórias se tornaram uma consequência natural, desde de que o Mister assumiu (e, acreditem, VAI continuar). Sofremos apenas 4 derrotas sob seu comando. Duas assim que ele chegou, uma (já Campeão Brasileiro) nas vésperas de viajar para o Mundial e outra para o melhor time do mundo, na prorrogação.
Sério, vou reclamar DE QUÊ?

No início de qualquer processo de mudança acontecem esses equívocos (como jogar com Rafinha no meio de campo no Equador, lembram?) e acho que devemos relevar e apoiar. Não se mantém um elenco desse porte, além de um treinador desse nível, sem um faturamento compatível. Temos que buscar receitas, especialmente diante da situação atual.

Hoje já temos mais uma decisão e essa valendo DOIS Canecos de uma vez. A transmissão ficou a cargo deles? XIIIIIIIII, isso me preocupa!
Nem tanto pela qualidade da transmissão. Mas pelo receio que a interrompam, caso estejam levando um Sacode humilhante. É Fla-Flu, eu sei, mas não me lembro de outro onde a disparidade de forças tenha sido TÃO acentuada.

PRA CIMA DELES, MENGÃO !!!

Escrito por Ricardo Perez