• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Portuguesa leva Flamengo à justiça solicitando mais de R$250 mil

Flamengo pode ter penhorado na justiça R$250.541,66 por não ter retirado duas torres de iluminação da antiga Ilha do Urubu. De acordo com o portal LANCE, a portuguesa pediu na justiça o deferimento da penhora nas contas bancárias do Rubro-Negro.

O caso corre na 3 Vara Civil do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. A tramitação da ação vem desde outubro de 2019, quando a Lusa pediu a execução de título extrajudicial, realizado em novembro de 2018, no qual o Rubro-Negro se comprometia a remover as torres no prazo de 30 dias, sob pena de multa diária de R$500. Ainda segundo o jornal, essas torres ainda estão caídas no estádio Luso Brasileiro faz dois anos.

Em novembro de 2016, Flamengo e Portuguesa fizeram um contrato para a utilização do estádio pelo Mais Querido. Por isso, na época, ele foi renomeado como “Ilha do Urubu”, onde passou por amplas reformas às custas do clube da Gávea. Inclusive, contratando uma empresa para executar a iluminação no local.

No entanto, as torres tombaram, após muitas chuvas, em 2018. Os laudos técnicos apontaram para erro de execução do projeto da empresa contratada para que fazer a iluminação. Por isso, o Rubro-Negro alega em sua defesa no processo que a preservação das torres não se deu por inadimplemento ou inércia do clube. Finalmente, Flamengo pede para que o juiz não acabe a penhora devido “a notória saúde financeira e transparência nas contas” da instituição.

Publicado em colunadofla.com.