• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • OCTACAMPEÃO BRASILEIRO

Pré-candidato à presidência do Flamengo anuncia ex-procuradora do TJD como vice em sua chapa

IMAGEM: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

No próximo dia 31, inicia oficialmente o processo eleitoral do Flamengo, com a publicação do edital de convocação e da lista com os sócios aptos a votar. É também a data em que os candidatos podem inscrever sua chapa. O prazo vai até 15 de setembro. Neste domingo (01), através das redes sociais, o pré-candidato a presidente, Marco Aurélio Asseff, anunciou o nome da médica e ex-procuradora, do TJD do Vôlei, Juliane Musacchio como vice.

Marco Aurélio Asseff anuncia oficialmente sua Vice-presidente, Juliane Musacchio. Sócia do CRF desde os 4 anos de idade (1979), filha do saudoso conselheiro e sócio proprietário, Nelson Carvalho Musacchio. Juliane foi procuradora do TJD do Vôlei, médica formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em 1999, PhD, Mestre e Especialista em Hematologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) MBA Executivo pela UFRJ Coppead. Módulo Internacional na Universidade de Bologna Formada pela Johns Hopkins University, Baltimore em Basics Epidemiology and Basics and Advanced Bioestatistics, Membro efetivo da Câmara Técnica de Hematologia e Hemoterapia do CREMERJ. Formada em Direito pela UCAM e advogada pela OAB/RJ“.

CONFIRA A PUBLICAÇÃO:

Marco Aurélio Asseff é advogado criminalista e desportivo, membro Consultor da Comissão Nacional de Direito Desportivo da OAB Federal, Conselheiro do Flamengo e membro do Conselho de Administração, poder que presidiu em 2015, ano de eleição. Foi eleito o sócio benemérito mais jovem do clube por seus serviços prestados. É filho do lendário Michel Asseff. Nas redes sociais, o candidato já apresenta algumas de suas propostas.

Além de Marco Asseff, Ricardo Hinrichsen, Walter Monteiro e Rodolfo Landim, que tentará à reeleição, são os nomes que já se anunciaram como pré-candidatos. A eleição irá ocorrer em dezembro, no Flamengo. Quem for eleito, irá presidir o Mais Querido por três anos: 2022-2024. Ainda há o debate sobre adoção do voto à distância, assunto que deve ganhar novos capítulos nos próximos meses.

Publicado em colunadofla.com.