Presidente do Conselho Deliberativo contesta venda de Paquetá nesse momento: “Atrapalha a equipe”

Presidente do Conselho Deliberativo contesta venda de Paquetá nesse momento: “Atrapalha a equipe”

A venda de Lucas Paquetá para o Milan caiu como uma bomba no mundo esportivo. Sem janela de transferência aberta no momento, diversos questionamentos foram feitos em relação a se, de fato, essa era a hora de vender Paquetá. O presidente do Conselho Deliberativo e vice-presidente na chapa de Rodolfo Landim na próxima disputa eleitoral, Rodrigo Dunshee opinou sobre o fato, afirmando que a negociação pode prejudicar o Flamengo na reta final do Brasileirão, em entrevista ao Blog Ser Flamengo.

— Nós estamos a 80 dias do final do mandato (de Eduardo Bandeira). Eu acho que, nesse momento, foi temerário vender o Paquetá, pelo nosso time. Nós estamos no terceiro lugar no Brasileiro, disputando o título. Esse tipo de notícia interfere extremamente no elenco e no dia-a-dia. Atrapalha a competição. E o próprio atleta pode, nesse momento de negociação, ficar desconcentrado. Acho inoportuno. Em questão de ser final de mandato, não parece muito adequado que se faça isso nesse momento. Afinal de contas, é mais um ônus para o presidente, que já está tão combalido nesse final de mandato. Seria inteligente na parte dele deixar isso para o próximo presidente.

CONFIRA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA