• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Pressionado por boa parte da torcida do Flamengo, Domènec tem multa rescisória alta

Por: Guilherme Calvano

Desde que chegou ao Flamengo, Domènec Torrent não tem tido vida fácil. A gloriosa passagem de Jorge Jesus no clube, somada aos maus resultados e atuações ruins do time sob o comando do catalão, fizeram com que boa parte da torcida rubro-negra perdesse a paciência. No entanto, Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Mais Querido, em entrevista coletiva no último sábado (19), não deu margem para especulações e bancou a permanência de Dome, afirmando que confia no trabalho do treinador.

Ex-auxiliar de Pep Guardiola, Domènec chegou ao Fla sob muita expectativa. Adepto do jogo posicional e do rodízio do elenco, o catalão tenta implementar sua filosofia no Rubro-Negro. Após a goleada de 5 a 0, sofrida na última quinta-feira (17) para o Independiente del Valle, do Equador, a crise foi instaurada no clube, e torcedores chegaram a pedir a demissão do técnico. Entretanto, o que pouca gente sabe, é que caso seja mandado embora, o Flamengo terá de desembolsar cerca de 3 milhões de euros (aproximadamente R$ 18,5 milhões na cotação atual) a Dome, valor referente a multa prevista no contrato com o treinador.

Respaldado por Braz, Domènec, ao que tudo indica, terá mais tempo para fazer os ajustes necessários e melhorar o desempenho da equipe. Até o momento, sob seu comando, o Mais Querido teve 51,5% de aproveitamento. Em 11 jogos, obteve cinco vitórias, dois empates e quatro derrotas. Com 18 gols sofridos, a defesa tem sido o calcanhar de aquiles do time.

O Flamengo volta a campo na próxima terça-feira (22), quando enfrenta o Barcelona, do Equador, às 19h15 (horário de Brasília), no Estádio Monumental Isidro Romero Carbo, em Guayaquil. Em suma, o jogo é válido pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores. Lembrando que o Rubro-Negro é o vice-líder do Grupo A, com seis pontos ganhos (duas vitorias e uma derrota).

 

Publicado em colunadofla.com.