Próximo da fila! De Arrascaeta tatua título da Libertadores na coxa; confira

Próximo da fila! De Arrascaeta tatua título da Libertadores na coxa; confira

Dois a um no River Plate ficou marcado na história… e na pele. É notável e até mesmo admirável a sinergia entre jogadores e torcedores nesta impecável temporada. A reconquista da América gerou uma onda de cabelos descoloridos, em referência ao estilo do principal goleador do elenco, e tatuagens como forma de eternizar na pele aquilo que já está eternizado na história. Nesta semana foi a vez do meia De Arrascaeta reservar um espaço na coxa para registrar a conquista da Copa Libertadores da América.

O Flamengo deu adeus ao tempo de espera e abriu espaço para a celebração de uma conquista histórica, contra o River Plate, de virada, no Monumental de Lima e diante de mais de 20 mil pessoas. O dia 23 de novembro marcou uma nova geração e virou desenho nos braços de Rafinha, primeiro jogador a divulgar sua homenagem – o defensor eternizou as taças do Campeonato Brasileiro e da Libertadores. De craque para craque, Gabigol também não perdeu a oportunidade de registrar as principais conquistas de sua carreira – até aqui. A reconquista continental estará exposta, para sempre, na perna do goleador e grande responsável pela vitória.

Domingos Peixoto/O Globo



Canal no Telegram: Clique aqui e faça parte do nosso canal para receber todas as notícias em primeira mão.