• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Que pena! Pinola, do River Plate, diz que não consegue rever final da Libertadores contra o Flamengo

O Flamengo conquistou a Copa Libertadores do ano passado diante do River Plate de maneira heróica, com dois gols de Gabigol nos minutos finais. Se do lado rubro-negro a vitória por 2 a 1 foi a redenção de 38 anos de espera, a parte argentina ainda sofre com as memórias do duelo. Muitos jogadores do clube de Buenos Aires já comentaram a dor de perder a competição em apenas quatro minutos, e agora foi a vez de Javier Pinola.

O experiente zagueiro foi decisivo no resultado final, visto que, apesar de boa partida, entregou a bola no pé de Gabigol, e o atacante rubro-negro não perdoou. Em entrevista ao programa ‘Presión Alta’, de um canal de televisão argentino, confessou que não consegue rever a final até hoje.

Você sempre tem que olhar para frente, o que aconteceu fica para trás e você não vai poder mudar essas coisas, você sempre tem que focar nos objetivos à frente. Não o vi de novo, nem mesmo neste estágio da pandemia, em que poderia haver um borrão. Eu realmente tenho isso na minha cabeça e não estou com vontade de ver. Se a vir, verei lá no futuro. Talvez me ajude a corrigir erros, mas como tenho tudo na cabeça, não quero brincar com essa memória. Pronto, aconteceu, e vou me concentrar no que vem por aí. 

O defensor de 37 anos ainda comentou que não vê reencontro com o Mais Querido em possível final, no Maracanã, como revanche. Pinola frisou, também, que não existe medo em enfrentar nenhum time nesta Copa Libertadores, incluindo seu maior rival, o Boca Juniors.

Não discutimos mais isso, estamos focados no que começa neste fim de semana, estamos sempre focados no próximo desafio. Então, se tivermos de enfrentá-lo em uma hipotética final, não haverá revanche. Foi uma final e pronto, perdemos. É visto como uma outra partida, outro objetivo. E não está em minha cabeça o que ou quem podemos enfrentar, só pensamos no desafio momentâneo das oitavas de final. 

O próximo compromisso do Rubro-Negro pela Libertadores será na terça-feira (24), contra o Racing, da Argentina. O primeiro desafio em busca do tri histórico e bi consecutivo será às 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Presidente Perón. Já o River, enfrentará o Athletico Paranaense, também na terça (24), só que as 19h15 (horário de Brasília), em Curitiba.

Publicado em colunadofla.com.