"Copa Mick" e "Fora Abeu": muros da Gávea são pichados após polêmica com diretor do Flamengo

"Copa Mick" e "Fora Abeu": muros da Gávea são pichados após polêmica com diretor do Flamengo

Os muros da Gávea amanheceram pichados novamente nesta quinta-feira. Desta vez, com erros de português. O diretor de relações externas do Flamengo, Cacau Cotta, havia dito na última quarta que as últimas pichações, com "Mickey todo certinho", não tinham sido de autoria da torcida. Agora, os nomes do personagem e do técnico Abel Braga foram escritos com erros.

+ Dirigente questiona pichação na sede do Flamengo: "Mickey todo certinho, não foi a torcida"

O GloboEsporte.com vai transmitir em vídeo ao vivo para o Brasil inteiro o jogo entre Flamengo e Athletico-PR, no próximo domingo, às 16h (de Brasília).

Muros da Gávea são pichados — Foto: Reprodução / Internet

Pela manhã, quando as imagens do muro já tinham sido espalhadas na internet, a frase em protesto à declaração do dirigente e ao técnico Abel Braga foi apagada. A reportagem do GloboEsporte.com foi até a Gávea, e os muros já estavam pintados.

Muros da Gávea são pintados após frases de protesto — Foto: Marcelo Baltar

Na semana passada, os muros da Gávea já tinham sido pichados depois da derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro. Na ocasião, porém, Abel Braga e Mickey tiveram seus nomes escritos corretamente.

Pichação na Gávea — Foto: Reprodução

Em participação no programa "Os Donos da Bola", da Bandeirantes, na última quarta-feira, Cacau Cotta levantou suspeita sobre a autoria das frases. Alegou que achou estranha a escrita sem erros de português.

- Do jeito que foi escrito, Mickey todo certinho, não foi a torcida. Aquilo é político - afirmou Cacau.

Depois dessa declaração, as manifestações em redes sociais se multiplicaram contra o dirigente. Em uma das postagens, um torcedor chama a atenção de perfis com maior alcance com a seguinte frase:

- Vejam o Cacau Cotta chamando a nossa torcida, a Nação, de analfabeta - escreveu.