• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Rafinha rebate críticas por temperamento no Flamengo: “Não me conhecem”

O Flamengo se prepara para o Mundial de Clubes, que acontece em Doha, no Qatar. Uma das apostas do Rubro-Negro, para voltar a conquistar o mundo, é o lateral-direito Rafinha, ex-Bayern de Munique, da Alemanha. Muitos jornalistas têm sido surpreendidos pelo temperamento do jogador durante os jogos, e ele falou sobre o tema.

Rafinha chegou ao Flamengo em junho deste ano. A partir de então, o lateral assumiu um papel de liderança no atual elenco. Com isso, muitas críticas têm sido feitas ao jogador, como se ele quisesse “mandar” na arbitragem durante as partidas. O atleta, por sua vez, se defendeu e afirmou que nunca foi desrespeitoso.

Muita gente aqui do Brasil fala que eu quero controlar o jogo. Não me conhecem. Eu nunca fui desrespeitoso com nenhum árbitro, mas eu falo mesmo. Ali dentro de campo vale tudo, meu velho. Ali o filho chora e a mãe não vê -, disse o lateral, no programa Bola da Vez, da ESPN.

Mesmo com pouco tempo de clube, o lateral criou rápida identificação com a torcida. O seu espírito vencedor, sempre enérgico dentro das quatro linhas, costuma contagiar a arquibancada. Ao todo, o jogador atuou em 28 jogos pelo Rubro-Negro, não marcou gol, mas deu cinco assistências com o Manto Sagrado.

O lateral-direito estará com o Flamengo na disputa do Mundial de Clubes. O Rubro-Negro estreia na próxima terça-feira (17), em Doha, no Qatar. O jogo está marcado para 14h30 (horário de Brasília). O adversário do Fla sai do confronto entre Al Hilal, dos Emirados Árabes, e Espérance, da Tunísia, que acontece na manhã de sábado (14).

Publicado em colunadofla.com.