Flamengo  RJ
menu
search

Renato dá fim a ‘sangria defensiva’, e Flamengo sofre gols em apenas 50% dos jogos com o treinador

16 de setembro de 2021 às 17:48h
Renato dá fim a ‘sangria defensiva’, e Flamengo sofre gols em apenas 50% dos jogos com o treinador

Na última quarta-feira (15), o Flamengo venceu o Grêmio por 2 a 0 e carimbou a classificação à semifinal da Copa do Brasil. Com a vaga encaminhada, após vencer a ida por 4 a 0, o Rubro-Negro administrou o jogo de volta e triunfou diante da torcida no Maracanã. Além disso, o Mengão não foi vazado mais uma vez na temporada, um padrão desde que Renato Gaúcho assumiu a equipe. No momento, o Mais sofreu gol em apenas 50% dos duelos que disputou com o novo treinador.

Ao todo, Renato Portaluppi esteve à frente do Flamengo em 16 partidas. Com aproveitamento de 90% (14 vitórias, um empate e uma derrota), o treinador tem o melhor início de trabalho da história do Mengão. Tais números condizem bastante com o momento da defesa rubro-negra, visto que o setor sofreu gols em apenas sete confrontos, 11 no total. Contudo, quatro destes foram na goleada para o Internacional. No restante, apenas uma bola na meta por duelo.

CONFIRA ESTATÍSTICAS DEFENSIVAS DO FLAMENGO COM RENATO:

16 jogos
11 gols sofridos
0,7 de média
9 jogos sem sofrer gol

Além disso, Renato Gaúcho se destacou pela recuperação de atletas que já foram muito criticados pela Nação. Sob o comando de Portaluppi, Léo Pereira e Bruno Viana voltaram a ganhar espaço e apresentaram boas partidas com o Manto Sagrado. Além disso, Gustavo Henrique se consolidou como uma boa peça, visto que já vinha sendo titular. No entanto, Rodrigo Caio ganhou um novo companheiro na titularidade: David Luiz. O zagueiro assinou contrato até 2022 e ainda não estreou pelo Flamengo.

Curiosamente, Flamengo e Grêmio voltam a se enfrentar no domingo (19), às 20h30 (horário de Brasília). Contudo, o duelo da vez é válido pela 21ª rodada do Brasileirão e não contará com presença de público no Maracanã. Isso porque, na madrugada desta quinta-feira (16), o STJD suspendeu a liminar que liberava a torcida no estádios do Rio de Janeiro.

Publicado em colunadofla.com