• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Rodrigo Caio aponta atacantes mais difíceis de marcar e exalta atual momento vivido no Flamengo: “Maravilhoso”

Rodrigo Caio foi anunciado pelo Flamengo no dia 29 de dezembro de 2018, e foi um tanto quanto contestado por parte da torcida. Afinal, o zagueiro não vinha de uma temporada muito boa pelo São Paulo, clube que o revelou. Porém, não demorou muito para que caísse nas graças dos torcedores rubro-negros. Pouco mais de um ano depois, o defensor se tornou um dos principais atletas do elenco, e ele concedeu entrevista à FlaTV, nesta segunda-feira (23).

O jogador tem muitas qualidades defensivas, não à toa costuma ser lembrado pelo treinador da Seleção Brasileira, Tite. Mesmo assim, ele já encontrou dificuldades para marcar alguns atacantes, e apontou os mais difíceis na carreira: “Um foi o Neymar, sem dúvidas muito difícil de marcar. E o outro foi o Guerrero. Lembro que quando ele estava no Corinthians, era um cara que estava no auge. Foi difícil de marcar“, comentou.

Pelo Flamengo, Rodrigo Caio conquistou Carioca, Libertadores e Brasileirão em 2019, e Supercopa do Brasil e Recopa Sul-Americana em 2020. Ele comentou o atual momento vivido no Rubro-Negro: “Sem dúvidas é um momento maravilhoso para mim. Ter a oportunidade de sentir a emoção de jogar no Maracanã. Me sinto muito honrado de vestir a camisa do Flamengo. Sempre que entrei no campo, eu dei o meu melhor”,– disse, completando a respeito das taças levantadas pelo clube da Gávea:

As conquistas que marcam. Poder conquistar uma Libertadores e um Brasileiro praticamente junto, mostra que tudo valeu a pena. Poucas pessoas sabem o quanto a gente corre atrás. Eu acho que isso é o fundamental. Isso foi a realização final. Olhar para trás e ver tudo que passei -, encerrou Rodrigo Caio.

Publicado em colunadofla.com.