• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Rogério Ceni isenta jogadores e aponta motivo para queda de rendimento do Flamengo

Na última terça-feira (04), o Flamengo venceu a LDU, por 3 a 2, pela Copa Libertadores. O Rubro-Negro conseguiu quebrar um jejum de três jogos seguidos na altitude sem vitória e manteve a invencibilidade na competição mais importante da América do Sul. Ao fim do confronto, Rogério Ceni concedeu entrevista coletiva, exaltou o triunfo do Mengo e apontou o principal motivo para a queda de rendimento do time na segunda etapa.

– O Flamengo ganhou um amistoso em Quito, há quase 70 anos. Jogar na altitude não é fácil. O São Paulo perdeu aqui ano passado, se eu não me engano o River também. A LDU estava invicta na temporada. O João Gomes fez um primeiro tempo brilhante, mas não conseguiu dosar. O que fez a gente abaixar o nível foi o cansaço. Se tivesse oito substituições, eu faria, porque estava todo mundo esgotado, por jogar a quase 3 mil metros.

O Mais Querido começou o primeiro tempo a todo vapor, com um gol de Gabriel Barbosa logo no início da etapa. Contudo, como era de se esperar, a equipe caiu o rendimento na segunda etapa, e sofreu dois gols do adversário. Um pênalti marcado no fim do jogo deu a vitória ao Flamengo, que estava claramente com sintomas de cansaço durante a partida.

Após vencer pela terceira vez seguida na Libertadores, o Flamengo retorna ao Brasil e já vira a chave para o Campeonato Carioca. Antes disso, o Flamengo tem compromisso importante pelo Campeonato Carioca. No próximo sábado (08), o Rubro-Negro encara o Volta Redonda pelo jogo de volta da semifinal do Estadual. O jogo será disputado no Maracanã, às 21h05 (horário de Brasília).

OUÇA A NARRAÇÃO DOS GOLS FLAMENGO:

Publicado em colunadofla.com.