Flamengo  RJ
menu
search

“Se fosse o Palmeiras não seria assim”: jornalista diz que outros clubes não aceitam ser liderados pelo Flamengo fora de campo

18 de setembro de 2021 às 01:42h
“Se fosse o Palmeiras não seria assim”: jornalista diz que outros clubes não aceitam ser liderados pelo Flamengo fora de campo

Nas últimas semanas, um assunto extra-campo tomou conta do noticiário do futebol brasileiro. O Flamengo conseguiu a liberação para receber público em seus jogos, mas isso desagradou os adversários do Brasileirão e também a CBF. O jornalista Casimiro Miguel, do TNT Sports, lembrou nesta sexta-feira (17), o movimento pela volta das partidas no início da pandemia. Ele afirmou também, que se fosse uma equipe diferente, a reação dos demais seria totalmente diferente.

É igual a volta do público. O Flamengo foi o único que brigou publicamente e se posicionou. Os outros foram na aba do Flamengo e só o Flamengo foi vilão. O Cruzeiro está jogando com torcida com a mesma liminar do Flamengo. Isso só aconteceu porque quem está na outra ponta é o Flamengo. Se fosse o Palmeiras, não seria assim -, assegurou Casimiro.

Ainda de acordo com o comentarista, o Fla foi o único que tomou à frente das decisões no futebol brasileiro, o que fez o clube ser visto como um vilão. Segundo Casimiro, o fato desse movimento ter sido liderado pelo do Rubro-Negro, fez com que os rivais fossem contrários à decisão.

Os outros clubes não vão aceitar ser liderados pelo Flamengo. Quando qualquer outro clube tenta liderar qualquer movimento, precisa de um líder, precisa de um cara. Se esse cara for do Flamengo, o Palmeiras não vai querer, o Corinthians não vai querer, o Vasco não vai querer -, garantiu.

Publicado em colunadofla.com