• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

“Tive que trabalhar muito o meu psicológico”: Pedro revela segredo para superar o status de ‘reserva’ no Flamengo

Pedro chegou ao Flamengo em janeiro de 2020 com status de ‘reserva de luxo’, isso porque, o elenco principal conta com a presença de Gabriel Barbosa. No entanto, ao longo da temporada, o camisa 21 adquiriu protagonismo e se tornou um dos principais nomes da equipe. O atacante teve participação importante na reta final da briga pelo Brasileirão.

Referência no ataque mesmo sem ser titular, Pedro conquistou números expressivos em sua primeira temporada com o Manto Sagrado. O jogador disputou 54 jogos e marcou 23 gols, se tornando o segundo maior artilheiro do Fla no ano, atrás somente de Gabigol. Em entrevista ao Globo Esporte, o camisa 21 destacou o ano e revelou o ‘trabalho psicológico’ feito para superar a reserva.

– Dentro do tempo que tive em campo, acredito que tenha sido uma boa temporada. Mesmo com a minutagem baixa, consegui aproveitar bem as oportunidades. Tive que trabalhar muito o meu psicológico para poder aproveitar os minutos em que entrava. Não foi fácil, confesso. Requer ainda mais concentração e pontaria. Fazendo um balanço como um todo, acredito que contribui muito e em momentos decisivos para a equipe. Que 2021 seja ainda melhor.

Cabe destacar que Pedro saiu do banco de reservas e balançou as redes de forma decisiva para o Flamengo em algumas oportunidades. Tratado como um jogador que tem ‘estrela’, o atacante prefere valorizar o trabalho feito no dia a dia. De acordo com o camisa 21, os treinamentos eram feitos para ter a margem de erro perto do zero. As atividades tiveram efeitos e o atleta terminou o Brasileirão como um dos que menos precisam de toques na bola para marcar gol.

– Trabalho. Mesmo não sendo titular, procurei me manter concentrado naquilo que precisava fazer. No dia a dia procurava aprimorar ainda mais a minha finalização para ter essa margem de erro quase zerada. Tivemos um momento muito complicado após a goleada contra o Del Valle na Libertadores. Depois daquele jogo consegui ser peça importante do time. Acredito que esse poder de decisão venha da minha entrega e do meu psicológico.

Após o título brasileiro, Pedro está de folga e se reapresenta no Ninho do Urubu somente no dia 15 de março, junto ao restante do elenco principal. Sendo assim, por enquanto, o Flamengo atua no Campeonato Carioca com uma equipe alternativa. O Rubro-Negro se prepara para enfrentar o Macaé, sábado (06), às 18h (horário de Brasília), pela segunda rodada do Estadual.

Publicado em colunadofla.com.