Trauco quebra o silêncio e revela decisão do Flamengo sobre sua permanência no clube

Trauco quebra o silêncio e revela decisão do Flamengo sobre sua permanência no clube

O ​Flamengo está em várias frentes no mercado da bola. A primeira envolve a negociação para trazer mais reforços para o técnico Jorge Jesus, que só ganhou o lateral-direito Rafinha, ex-Bayern de Munique. Há conversas ​para turbinar a defesa, o meio de campo, a lateral-esquerda e o ataque. No ponto inverso, a diretoria também trabalha para resolver pendências envolvendo jogadores "encostados" ou que estão em final de contrato na Gávea. 

Um dos jogadores que já pode assinar um pré-contrato com qualquer clube a partir de hoje é o lateral-esquerdo Miguel Trauco. Apesar de ter sido relacionado para o jogo contra o Athletico-PR, nesta quarta-feira (10), a partir das 21h30 (horário de Brasília), em Curitiba, o peruano já confirmou que não vai permanecer no Ninho do Urubu. 

Gabriel Jesus,Miguel Trauco

Em entrevista à ​ATV, rede de televisão do Peru, Trauco admitiu que era desejo continuar no Rio de Janeiro, mas a diretoria pensou diferente. "Eu tenho um contrato até dezembro, eu adoraria ficar, mas eles decidiram não renovar", afirmou o camisa 13, que foi um dos destaques de seu país no vice-campeonato na Copa América. Ele foi eleito pela Conmebol o melhor lateral-esquerdo da competição. 

Durante a Copa América, os rumores sobre sua saída do Flamengo se tornaram frequentes, embora Trauco sempre tenha afirmado sua vontade de continuar no Ninho do Urubu. Seu empresário José Chacón afirmou várias vezes que a decisão estava nas mãos dos flamenguistas, porém não escondeu que houve sondagens pelo pupilo. Clubes da França, do México e até do Brasil - como foi o caso do Internacional - se interessaram pelo ala de 26 anos.

O lateral chegou ao Flamengo em 2017 e causou boa impressão, principalmente no setor ofensivo, com boas assistências e participação constante na construção de jogadas. No entanto, seu futebol caiu muito de produção a partir da última temporada, com severas críticas ao seu poder de marcação. 

Renê assumiu a condição absoluto e permanece até hoje entre os titulares. Como a diretoria não esconde que está atrás de um ala pela esquerda - Filipe Luís é o favorito dos cartolas -, Trauco se viu cada vez mais longe de uma permanência no clube, como, de fato, ocorreu.

Clique aqui e faça parte do nosso canal do Telegram e receba todas as notícias em tempo real.