• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Treinador do Olympique sugere que campeonatos europeus sejam disputados em ‘calendário brasileiro’

Em boa parte do mundo, o futebol foi paralisado por conta da pandemia do coronavírus. Por isso, muitas discussões foram abertas sobre o calendário do futebol, tanto no Brasil quanto na Europa. Enquanto existem defensores da adaptação ao futebol nacional ser disputado na mesma data que os torneios europeus, tem quem cogite “abrasileirar” as competições europeias.

De acordo com o jornal A Bola, de Portugal, o treinador André Villas Boas, do Olympique de Marselha, da França, sugeriu que o calendário europeu sofra adaptações, pelo menos até a Copa do Mundo de 2022. A sugestão de Villas Boas é de que a temporada na Europa só seja concluída em novembro, dando assim o mês de dezembro de férias aos jogadores e comissão técnica.

A ideia seria que o calendário seja provisório, com os torneio tendo início em janeiro e se encerrando em novembro, nos anos de 2021 e 2022. Isso porque, a tendência, é que a Copa do Mundo de 2022 aconteça no Catar entre 21 de novembro e 18 de dezembro. Com isso, para evitar maiores problemas de adaptação futura, haveria uma temporada intermediária no primeiro semestre de 2023, com a Europa voltando ao normal, com férias no verão, a partir de 2023/24.

Entretanto, a ideia não deve ser adotada pela Uefa. Porém, o presidente da FIFA, Gianni Infantino, já manifestou, através de entrevista à Gazzetta dello Sport, na última segunda-feira (23), que o calendário europeu terá que sofrer alguma mudança ou adaptação devido à pandemia do coronavírus, tendo em vista que as competições ainda não têm prazo para serem retomadas.

Publicado em colunadofla.com.