• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Tulio Rodrigues: “Desclassificação na Libertadores mostrou que Ceni não é técnico para o Flamengo atual”

O Flamengo saiu desclassificado da Libertadores de uma forma que ninguém esperava: sofrendo até último minuto de maneira melancólica para buscar o resultado, o técnico errando tudo com suas escolhas nas substituições pra lá de duvidosas e bagunçando o time taticamente. Além disso, a equipe adversária vinha de resultados negativos, e com muitos desfalques, o que aumenta o vexame da equipe comandada por Ceni, que se mostra incapaz de se sustentar no cargo ao empatar as duas partidas e por fim, sair nas penalidades.

É só olhar o que o Rogério Ceni fez contra o Racing. Ele colocou o João Gomes e tirou o Arrascaeta. O Arrascaeta é o cara que numa jogada pode colocar alguém na cara do gol e resolver. Ele poderia ter tirado o Vitinho que estava perdendo todas as oportunidades. Por fim, ele jogou o Arão de zagueiro e em seguida tirou o único zagueiro, que era o Gustavo Henrique e colocou o Diego. Queria que alguém me explicasse qual foi a tática do Ceni. Terminamos com um time sem zagueiros e sem armadores.

O Rogério Ceni tem tudo para ser um grande treinador. É estudioso, tem muita vontade, tem gana, mas o momento que ele chegou no Flamengo, é errado. A mesma coisa o Dome. Não era para nenhum dos dois virem para o Flamengo. O Fla precisava de um técnico bom e experiente. Mas essa bagunça é o retrato do clube hoje.

Veja o comentário completo:

Se preferir ouvir os comentários:

Me siga nas Redes Sociais e vamos trocar uma ideia:

Youtube I Twitter I Instagram I Facebook

Publicado em colunadofla.com.