Último ferido em tragédia no Flamengo tem lesões cicatrizadas no rosto e já se alimenta pela boca

Último ferido em tragédia no Flamengo tem lesões cicatrizadas no rosto e já se alimenta pela boca

Jhonatan Ventura, do Flamengo — Foto: reprodução / Facebook

O Flamengo e o Centro de Tratamento de Queimados do Hospital Pedro II, em Santa Cruz, divulgou neste sábado um novo boletim médico sobre o estado de saúde do jovem Jonatha Ventura, único dos feridos do incêndio no Ninho do Urubu que continua internado. Segundo o informativo, o atleta segue estável, com lesões do rosto já cicatrizadas e iniciou a alimentação via oral.

  • Médico responsável por Jhonata afirma: "Vai poder voltar a jogar futebol"

Porém, ele continua em tratamento com antibióticos para combater os sinais de uma possível infecção nas queimaduras no ombro e no dorso. Jonatha é um dos três sobreviventes da tragédia que matou dez jovens jogadores da base do Flamengo no dia 8 de fevereiro. Entre o trio, era quem apresentava a situação mais delicada por ter queimado 30% do corpo.

Os outros dois feridos da tragédia estavam no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, e já receberam alta. Cauan Emanuel foi o primeiro a sair na última segunda-feira, enquanto Francisco Dyogo também foi liberado nesta sexta, uma semana após o incêndio.

Confira o boletim médico na íntegra:

O atleta Jhonata Ventura permanece acordado, atendendo a comandos simples ao exame clínico e com máscara de oxigênio. As queimaduras estão respondendo bem aos curativos; lesões em face já cicatrizadas.

Ele segue tratamento com antibiótico e permanece estável hemodinâmicamente.

Já foi iniciada dieta oral.

Jhonata segue aos cuidados do Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do hospital municipal Pedro II.