Sonho de consumo de parte da torcida do Flamengo, o técnico Marcelo Gallardo tem futuro incerto no River Plate,  após seu contrato se encerrar em dezembro. Mas  "el Muñeco" deve permanecer pelos lados do Rio da Prata. Depois da demissão de Óscar Tabárez, o Uruguai mirou no treinador argentino  para recuperar a Celeste nas eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar. Os dirigentes uruguaios se mostram otimistas e ganharam um aval de peso. O atacante Luis Suárez, do Atlético de Madrid, declarou que gostaria de ser dirigido por Gallardo.

Mansur:o personagem devorou o técnico na saída de Renato Gaúcho do Flamengo

Na zona mista da entrega do prêmio Balão de Ouro, em Paris, Suárez comentou a possibilidade de Gallardo assumir a seleção uruguaia.

– Sua trajetória já diz tudo, o que fez a nível internacional e o que ele é. Ele tem prestígio tanto como jogador e como técnico tem mostrados mais ainda nesses últimos sete, oito anos que esteve em River ganhando quase tudo. Acredito que seria um privilégio – afirmou.

Vídeo:Goleiro simula agressão de colega de equipe, que é expulso na Noruega

O atacante também falou da saída de Tabárez, que comandou o Uruguai por 15 anos.

– Obviamente pelo que significaram em minha carreira, falei com o  Maestro Tabárez e com todo a comissão técnica para lhes dar meu apoio nesses momentos complicados porque a culpa não era só dele. Nós também temos nossa parcela de culpa – disse.

Entenda:Arrascaeta vai pagar passagem de torcedor do Flamengo baleado no Uruguai

De acordo com o jornal argentino "Olé", os próprios dirigentes da Associação Uruguaia de Futebol (AUF) confirmaram a negociação com Gallardo, que ainda não deu uma reposta definitiva. Mas o desfecho, positivo ou negativo, está próximo.

– Acredito que isso será definido esta semana ou no início da semana que vem. Para mim, há 65% de chances de que ele aceite. O que temos até agora é que a AUF expressou oficialmente nosso interesse ao representante de Gallardo para que ele lhe apresente a proposta de dirigir a seleção – disse o dirigente Luis Bruno, ao "Olé".

Atualmente, a seleção uruguaia está em sétimo lugar, com 16 pontos, nas eliminatórias sul-americanas. Apenas os quatro primeiros colocados garantem vaga direto no Qatar. O quinto lugar disputa a repescagem. O Uruguai ainda joga com  Paraguay, Venezuela, Perú e Chile.