• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Veja o que pode acontecer com pendurados do Flamengo caso recebam cartão nesta quinta

O Flamengo vem de uma sequência de seis jogos de invencibilidade (cinco vitórias e um empate). Atual líder do Campeonato Brasileiro, com 71 pontos, o Mais Querido está a um jogo de se tornar octacampeão e, para isso, vai a campo enfrentar o São Paulo na noite desta quinta-feira (25). Podendo definir o Brasileirão com uma vitória, o Rubro-Negro tem dois desfalques (César e Thiago Maia, lesionados) e seis pendurados para o duelo.

Além do técnico Rogério Ceni, os titulares Gabigol, Filipe Luís e Gustavo Henrique, além dos reservas Pedro e João Lucas, estão com dois cartões amarelos. Mas o que acontece caso um deles leve o terceiro justamente na última rodada do torneio? De acordo com o Regulamento Geral de Competições (RGM), a suspensão automática não vale quando a competição se encerra.

“Os impedimentos automáticos referidos no caput deste artigo e no art. 47 deste RGC consideram-se extintos se findada a competição ou a participação do clube em uma competição de caráter eliminatório”, diz trecho do artigo 48, parágrafo três. Desse modo, qualquer jogador que tenha sido expulso ou levado o terceiro cartão amarelo na 38ª rodada do Campeonato Brasileiro não precisará cumprir suspensão automática na estreia da edição seguinte.

Sendo assim, nenhum dos pendurados preocupam para a grande decisão entre São Paulo x Flamengo, marcada para 21h30 (horário de Brasília) desta quinta-feira (25), no Morumbi. No momento, o Rubro-Negro é o líder com 71 pontos, enquanto o Internacional é o segundo colocado com 69. Sendo assim, o clube carioca precisa apenas de uma vitória simples contra a equipe paulista para garantir o título. No entanto, em caso de empate ou derrota, a conquista dependerá do resultado entre o Colorado e Corinthians, no Beira-Rio.

Publicado em colunadofla.com.