• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Zico lamenta morte de Silva Batuta: “Um grande ídolo”

Morreu na noite desta desta terça-feira (29), o ex-jogador Wálter Machado da Silva, mais conhecido como “Silva, o Batuta”. Diagnosticado com Covid-19, estava há dez dias internado no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro. Ainda não há comprovação se o vírus teve relação com seu falecimento. O eterno ídolo Rubro-Negro tinha 80 anos de idade. Zico, um dos maiores ídolos do Flamengo, lamentou a morte de Batuta.

– Eu tive a oportunidade de assim que cheguei na Gávea, ser abençoado por ele, foi o primeiro profissional que eu conheci no Flamengo. Silva é um grande ídolo, fui diversas vezes ao Maracanã vê-lo jogar, conversei muito com ele, tive a oportunidade de ver seus filhos lá no Flamengo, e nós recebemos uma notícia triste dessa. Ele deu muitas alegrias a mim e aos torcedores do Flamengo, nos dando vitórias importantíssimas. Ele estará sempre presente no coração de todo rubro-negro.


Silva trabalhava há mais de 10 anos no departamento social da sede da Gávea. Quando encerrou a carreira como jogador de futebol em 74, também trabalhou como olheiro no futebol do clube. Como jogador, em 132 jogos, marcou 70 gols, foi campeão Carioca em 1965, no ano do Quarto Centenário da cidade do Rio de Janeiro e do Torneio Internacional do Marrocos. Foram duas passagens pelo Mais Querido: A primeira de 1965 a 1966 e a segunda de 1968 a 1969.

Publicado em colunadofla.com.